Eu (Ary Buarque RECOMENDO).

domingo, 27 de março de 2011

Conheça a DANÇA SOLTA maceio al

dana_solta_1
Conheça a DANÇA SOLTA maceio al

Conheça a 'dança solta', novo estilo em que cada um dança como quiser...


Que tal aprender uma atividade para exercitar, não só o corpo, mas a mente? Conheça, então, a dança solta! A ideia deste novo estilo é colocar todo mundo para dançar, mas cada um se mexe do seu jeito.

Não existe coreografia e passo marcado. Diversão garantida e ótima para acabar com o estresse. “As pessoas vêm aqui para se soltar, por isso o nome ‘dança solta’. O professor fica à frente e os alunos são convidados a participar. O aluno não é obrigado a fazer. Se ele não consegue pode fazer do jeito que quiser. Não existe coreografia ou passo marcado”, explicou o professor Sander Luiz Nunes. dana_solta_2

A aluna Vera Maria da Costa é uma das adeptas da dança solta. “Se não fosse a dança solta não teria tido forças para enfrentar os meus problemas de saúde. Se estou triste a dança é maravilhosa e me sinto na Broadway”, falou com alegria.

Ana Maria ficou curiosa e chamou o professor Sander, mais conhecido como “Mineirinho”, para mostrar um pouco da dança. Logo no início da conversa, ele explicou como surgiu este estilo de dança.

“Fui fazer um show de tango e a minha parceira, que era a atração principal, não pôde ir. Tive que criar alguma coisa. Subi no palco e convidei as pessoas do salão para dançarem um bolero. Aí vi que as pessoas estavam gostando e, de repente, virou um grande carnaval. Criei a aula, ainda sem nome, e de tanto os alunos falarem que se soltavam, o nome virou ‘dança solta’. O bom dela é que é democrática”, explicou.
dana_solta_3

Depois de mostrar um pouco da animada dança, Sander contou que o mais legal é que este estilo reúne pessoas de todas as idades. “Temos alunos de 13 e de 90 anos fazendo a mesma aula. Isso é que é bacana”, falou o professor.







Fonte: http://maisvoce.globo.com/

aulas com o professor maceió,ary buarque
www.arybuarque.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTARIO